Angra | Grupo Tom Brasil
thumbnail
Angra
Show exclusivo com dois bateristas no palco, convidado especial: Ricardo Confessori
13/08/2016 | 22h

Conforme a Lei 12.852/2013 – Estatuto da Juventude.
A concessão do direito ao benefício da meia-entrada para estudante é assegurada em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para cada evento.
Capacidade total 1800 ingressos.
Cota de meia entrada para estudante: 720 ingressos.

A banda, conhecida por estar entre os maiores nomes do heavy metal brasileiro no mundo, tendo lançado aclamados álbuns e construído uma gloriosa carreira é também uma referência musical por seus interlúdios sinfônicos, instrumental altamente técnico e pela alquimia do metal com elementos regionais brasileiros, foi formada originalmente em 1991 e hoje em dia é um grande exemplo de versatilidade no meio musical.

Dotada de um senso de direcionamento raro entre as bandas brasileiras, o Angra não ficou esperando as coisas acontecerem, e já em 1992 gravou a demo ‘Reaching Horizons’, que despertou uma enorme curiosidade entre os fãs de metal no Brasil e que levou o grupo a conseguir viabilizar a gravação de seu primeiro álbum, no estúdio do guitarrista KAI HANSEN [HELLOWEEN] em Hamburgo, Alemanha. O resultado, o álbum “Angels Cry”, mudou de vez o cenário musical brasileiro, e afirmou o Angra como uma força dentro do fechado circuito europeu do metal melódico.

A banda conseguiu o impensável para um grupo brasileiro do estilo: mais de 100 mil cópias vendidas no Japão, onde, devido ao enorme e inesperado sucesso de ‘Angels Cry’, um EP fora lançado com versões remixadas de algumas faixas do disco. Na votação de ’melhores do ano’ da publicação especializada Rock Brigade, o público levou o Angra ao topo nas categorias Melhor Banda NovaMelhor ÁlbumMelhor Vocalista,Melhor Capa de Disco e Melhor Tecladista.

O aclamado ‘Angels Cry’ só foi lançado na Europa em 1994, com sucesso comercial e de crítica imediatos.

Ainda naquele ano, o Angra se apresentou na primeira edição do festival MONSTERS OF ROCK, dividindo o palco com nomes do peso deKISSBLACK SABBATH e SLAYER. Seguindo o sucesso no  festival, a banda deu início a uma longa turnê pelo país, que os conduziu à Europa em 1995.

Em 1996, o Angra ousou mais ainda com o álbum ‘Holy Land’, permeado por arranjos de orquestra, corais e ritmos brasileiros o que proporcionou para este disco um sucesso comercial ainda maior do que “Angels Cry”, e assim tornou possível a  primeira turnê do grupo pela terra do Sol Nascente e que outro EP fosse presenteado aos fãs: “Holy Live”, gravado ao vivo em Paris.

1998 o mercado conheceu outros dois lançamentos do prolífero grupo: o EP “Lisbon”, e o álbum “Fireworks”, mais focado no heavy metal tradicional e sem as influências neoclássicas que já faziam parte do estilo e repertório da banda. Uma extensa turnê mundial divulgou o álbum que conquistou grande aceitação na cena mundial.

Em 2000, a banda lançou o primeiro box set de um grupo brasileiro de heavy metal: “Holy Box”.

2001 foi um ano altamente importante, pois o mundo conheceu um de seus mais fortes trabalhos, “Rebirth”, um acachapante sucesso de crítica e vendas tanto no Brasil como no exterior, vendendo mais de 100 mil cópias em menos de dois meses, algo inconcebível para uma banda de metal sem nenhum apoio da grande mídia no país, onde o grupo recebeu disco de ouro. “Rebirth” ultrapassou a marca de um milhão de discos vendidos ao redor do mundo. Já em 2002, o EP “Hunters And Prey” foi lançado em meio a uma turnê mundial longa como o grupo jamais havia feito anteriormente.

Temple of Shadows” marcou o retorno da banda ao estúdio. Lançado em 2004, o álbum ultrapassou 250 mil cópias vendidas e colocou o grupo na estrada até o ano seguinte, passando por América Latina, Europa, Japão, Ásia e Oceania.

Aurora Consurgens” chegou em 2006, e marcou o começo de um breve hiato nas atividades da banda – estafada pela massacrante rotina de turnês. O Angra tocou ao vivo esporadicamente e foi nesse período entre “Aurora Consurgens” e o lançamento de seu álbum seguinte, “Aqua” [2010], que realizou a mais bem-sucedida turnê da história do heavy metal no Brasil: uma tour conjunta com o SEPULTURA.

EM 2013 o grupo retornou aos palcos mundiais, dessa vez com o vocalista italiano Fabio Lione [Rhapsody of Fire].

A banda apresentou um ‘warm-up’ tocando com Lione no cruzeiro 70000 Tons Of Metal e depois foi altamente aclamado pelo público de sua terra natal, São Paulo, no festival LIVE N’ LOUDER, onde se apresentou com nomes consagrados como TWISTED SISTERSODOMLOUDNESS,METAL CHURCH e MOLLY HATCHETT.

Durante todo o ano de 2013 e 2014 a banda realizou uma bem sucedida turnê que comemorou os 20 anos de lançamento de seu primeiro álbum, o aclamado “Angels Cry” e percorreu toda a América Latina com apresentações incríveis e grande apoio público.

Entre a primeira e a segunda parte desta mesma turnê, o grupo retornou ao estúdio para gravação de um novo álbum com o vocalista italiano Fabio Lione.

E agora após quatro anos sem lançar nada inédito, o momento que os fãs vêm esperando ansiosamente está muito próximo. O novo álbum do Angra, Intitulado Secret Garden, mostra que a banda está em sua melhor forma e entrosamento. Com pré-produção do renomado produtor Roy Z (Judas Priest, Bruce Dickinson, Halford), e produzido e gravado na Suécia pelo talentoso Jens Bogren (Kreator, Arch Enemy, Opeth), Secret Garden reúne tudo o que consagrou o Angra como uma das maiores bandas do estilo no mundo, com uma roupagem contemporânea e composições inspiradas.

Secret Garden mostra a maturidade do Angra que, com mais de 23 anos de estrada, continua a se destacar pela garra, motivação e a mesma paixão pela música que impulsionou o glorioso início do grupo. As composições combinam os elementos que tornaram a banda conhecida mundialmente, com destaque à original combinação de estilos aparentemente distintos, que costura de maneira única o rock – em suas diversas vertentes – a música erudita e a música brasileira.

Secret Garden é mais uma obra-prima do grupo e promete ser um grande clássico do metal mundial. E como quase todos os trabalhos do Angra, Secret Garden é um disco conceitual, e traz o seguinte questionamento: algo que não existe para os olhos ou não é percebido pelos sentidos pode ser concluído como inexistente? As músicas contam em capítulos a estória do cientista Morten Vrolik, que luta para recompor sua felicidade após um trágico acidente que tirou a vida de sua esposa. Diante da nova e dura realidade, Morten é forçado a rever seus valores e crenças ateístas para conseguir recuperar a sensação de satisfação pessoal que lhe foi roubada pelo destino. A súbita mudança de rotina, a capacidade de adaptação, a sincronicidade, a solidão, a culpa, a esperança e a força para se reerguer são alguns dos assuntos abordados nas letras. Sempre sob diferentes perspectivas, sejam religiosas, científicas, filosóficas ou simplesmente estéticas.

A maior representante do power metal brasileiro no mundo volta com tudo, e traz o experiente vocalista Italiano Fabio Lione, com uma voz exuberante e uma performance impressionante. O jovem prodígio Bruno Valverde também impressiona na bateria, dando ao grupo uma sonoridade mais moderna. Um dos grandes trunfos do álbum está na grande variedade de convidados, dos quais se destacam os cantores. A holandesa Simone Simons, da banda Epica, interpreta divinamente a canção “Secret Garden”, enquanto a diva Doro Pesch faz um emocionante dueto vocal com Rafael Bittencourt em “Crushing Room”. Aliás, os diversos momentos vocais de Rafael neste disco são um dos pontos fortes, fazendo um contraste de timbre e interpretação com Fabio, que fica bastante evidente em várias canções. A capa e todo interior do álbum entrelaçam com primor a música e os conceitos em uma belíssima arte gráfica – criada pelo desenhista Rodrigo Bastos Didier – que representa os momentos oníricos da estória. A entrada para o jardim secreto, a representação do inconsciente e todo ambiente de mistério pretendem trazer para o fã uma experiência que transcende a simples audição das músicas. Novamente o Angra traz ao mercado um lançamento bombástico e eletrizante que gerou novas tendências e sentimentos, justificando com grandeza e elegância por que há mais de duas décadas a banda é reconhecida como um dos líderes do power e progressive metal mundial.

O novo aclamado trabalho do grupo foi lançado em dezembro de 2014 no Japão e Ásia, e em janeiro de 2015 nos demais territórios.

A turnê que apresentou o álbum “Secret Garden” por o mundo ganhou destaque internacional por ter sido bem-sucedida em todos os países por onde passou.

 

 

Vídeos

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos - Menores de 14 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal.